O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Outros Números
 
 
  Latusa Digital Nº 44/45 Março a Junho de 2011 / Ano 8 - ISSN 2175-1579  
 
  Editorial  
  Latusa Digital tem como linha editorial divulgar aquilo que é produzido na Seção Rio. Seu material é fruto da seleção de textos enviados espontaneamente e através de uma busca ativa nas atividades da nossa comunidade. Com isso temos, no presente número, um mix de autores tarimbados e suas articulações originais e as não menos originais produções de novos autores.  Esta mistura tem caracterizado nossa Seção, sendo responsável nos últimos anos por sua efervescência.

Contamos com 2 textos que fazem a interface da psicanálise com o direito. O primeiro é de Romildo do Rêgo Barros que, apesar de escrito em 2006, ainda não havia sido publicado. Sua atualidade foi demonstrada ao ser trabalhado no evento Rio Americano, preparatório para o V Enapol. São reflexões sobre o universal da lei e o particular de sua aplicação. O segundo é de Christiane Zeitoune que nos traz parte da pesquisa que serviu de base para sua tese de doutorado. Nele a autora nos apresenta suas hipóteses sobre a incidência de atos infracionais cometidos por adolescentes.

Outro texto provocado pelo evento Rio Americano, desta feita ocorrido na Mediateca da Maison de France, é o de Paula Borsoi. O impactante massacre ocorrido numa escola em Realengo no começo do ano é o eixo das considerações a respeito da participação do analista na contingência de uma tragédia.

Em Cisne Negro, Sandra Viola nos apresenta uma análise das implicações do relacionamento mãe e filha nos destinos da jovem bailarina protagonista do filme.

Os 2 textos seguintes foram extraídos da brochura feita por ocasião da Jornada de Encerramento da turma de 2007-2010 do Instituto de Clínica Psicanalítica – ICP.  Suas autoras são Mariana Mollica e Joana Maia Simoni que gentilmente se dispuseram a reduzir seus trabalhos e retirar os casos clínicos para que pudesse entrar na edição digital de Latusa. Mariana faz um estudo criterioso da clínica diferencial, enquanto Joana nos apresenta um ensaio sobre o desafio de uma mulher escrever um romance erótico que resulta num clássico da literatura francesa.

Também nas Seções mantivemos a matéria prima da Seção Rio. Com uma resenha do texto Efeito do retorno à psicose ordinária, Cristina Frederico nos ajuda a extrair as conseqüências clínicas deste sintagma sem, contudo, usá-lo como um refúgio de nossa ignorância. Ao escrever sobre o filme O pecado de Hadewijch, Stella Jimenez nos mostra o amor místico na sua vertente de apaziguamento e na de angústia. Já Maria Lúcia Celestino toma o elogiadíssimo filme Incêndios à luz do romance familiar.

Sem pretender o prestígio de um queijo com goiabada ou uma cachaça com limão, esperamos proporcionar-lhes a mesma satisfação.


Ondina Machado

 


 
 
 
    Seções de Latusa Digital  
 
    Trocando Figurinhas
A equipe de Latusa selecionou comentários de filmes e exposições.

 
 
 
    Corta e Cola
Notícias interessantes que saíram na internet.
 
 
 
    Resenhas
   
   
   
 
 
 
 
 
  A prática psi como suplemento do sistema judicial  
 

Romildo do Rêgo Barros

A existência da psicanálise está intimamente ligada às formas que tomou a civilização. De forma talvez um pouco particular, mas ligada. A psicanálise é uma conquista, e, ao mesmo tempo, um efeito sintomático da civilização.

 
 
Leia mais
 
 
  A Loucura que estrutura e a passagem ao ato  
 

Paula Borsoi

Quando Lacan fez seu retorno a Freud, pontuou a função da fala como única operatória na prática analítica suportada pelo campo da linguagem, separou os registros em RSI e afirmou que o inconsciente estruturado como linguagem.


 
 
Leia mais
 
 
  Cisne Negro: fora de cena  
 

Sandra Viola

 Mesmo que seja bastante arriscado teorizar sobre o caso de um personagem de uma obra de arte, vou me deter naquilo que me parece ser o fundamento do resultado sofrido pela bailarina protagonista do balé e que, afinal, é nosso tema de estudo: a insuficiência do simbólico.


 
 
Leia mais
 
 
  O ato infracional e os impasses da sexuação na adolescência  
 

Christiane da Mota Zeitoune

Mas por que a via da sexuação é a mais relevante? Por que, num dado momento, o adolescente não consegue fazer de outra forma, senão expressar por meio de um ato a angústia que não consegue traduzir em palavras?


 
 
Leia mais
 
 
  Indicações topológicas sobre o corte analítico: em busca da ética na clínica diferencial  
 

Mariana Mollica

A direção da intervenção do analista em cada uma das estruturas é diferente. Quais seriam as diferenças? Orientamo-nos na topologia lacaniana, buscando investigar nesse trabalho os fundamentos do corte analítico.


 
 
Leia mais
 
 
  Do masoquismo da mulher ao semblante  
 

Joana Maia Simoni

Em 1954, o romance erótico História de O é publicado e, surpreendentemente,  torna-se um best-seller. Hoje em dia, é considerado um clássico da literatura francesa e, ao mesmo tempo, referência erótica sadomasoquista.

 
 
Leia mais